Tecnologia

Ministério Público continua pressionando WhatsApp

Essa história de bloquear e desbloquear o WhatsApp ainda não acabou. Todo mundo sabe que o Ministério Público não está nada satisfeito com a atuação do aplicativo no Brasil, pois a empresa vem descumprindo ordens judiciais. Agora, além do bloqueio, também querem a extinção do serviço.

A Justiça do Amazonas congelou R$ 38 milhões do Facebook (não que faça diferença pro Zuck), e continua tentando pressionar a empresa. O fato é que o aplicativo se recusa a apresentar dados solicitados pela justiça que iram auxiliar em investigações. O WhatsApp argumenta que é impossível fornecer tais dados pois usam a tecnologia de criptografia. Em contra partida, o Ministério Publico diz que a ausência da colaboração com a justiça fere o Marco Civil da Internet e que essa argumentação é usada para não entregar tais registros.

Caso o aplicativo continue se recusando a colaborar, mais multas e bloqueios serão aplicados, até se tornar inadequado para atuar no país. Mas como nenhum dos bloqueios foram levados até as datas determinadas, também suspeito que a extinção do serviço também não será. Vamos aguardar os próximos capítulos dessa novela.

Previous post

Comitê Olímpico dos Estados Unidos foi bem radical, proibindo as marcas de a hashtag #Rio2016

Next post

Pix é o novo aplicativo para edição de fotos

Vitória Molnar

Vitória Molnar

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *