ComportamentoNotíciasOutrosSocial Media

Em concurso da própria marca de salgadinho, ONG pede que Doritos seja mais sustentável

O concurso Crash the Super Bowl, realizado pela marca Doritos, geralmente coloca uma votação ao público para que escolham qual comercial será exibido no intervalo do campeonato de futebol americano. Com produções independentes de cerca de 29 países, o ganhador ainda leva um prêmio de 1 milhão de dólares e um contrato com a Universal Pictures. Tá bom ou quer mais?

E foi se aproveitando deste concurso que a ONG Sum of Us produziu um comercial que poderia facilmente ter chegado às finais da votação, não fosse o pequeno detalhe de seu comercial criticar a marca Doritos ao invés de elogiar.

A publicidade, nomeada de “A Cheesy Love Story” (algo como Uma Brega História de Amor, em português) mostra um casal se apaixonando por causa do salgadinho Doritos e levando o produto para os momentos mais românticos e especiais do casal. Ao final, no entanto, o vídeo mostra a crítica: o salgadinho utiliza em sua composição o chamado óleo de palma, advindo, geralmente, de floresta artificialmente plantadas em locais desmatados.

A representante da PepsiCo, a companhia dona da marca Doritos, emitiu mensagem sobre a publicidade da ONG, dizendo que a “PepsiCo reafirma que está absolutamente comprometida com a meta de utilizar 100% do óleo de palma sustentável em 2015 e com desmatamento zero em nossas atividades e de nossos fornecedores. (…) Nós consideramos nossas políticas eficazes e continuaremos a apoiá-las”.

Confira a publicidade da ONG Sum of Us:

Previous post

Parabéns Photoshop pelos 25 anos!

Next post

Publicidade com cachorros são sempre uma boa ideia

Guilherme Aleixo

Guilherme Aleixo

Guilherme Aleixo é um nerd de carteirinha, viciado em seriados e livros e jornalista por formação. Com 27 anos, já trabalha na blogosfera há uns bons doze, revezando-se entre blogs, páginas, comunidades (no extinto Orkut) e até mesmo um pouco pelo mundo real. É um prazer, e a gente se vê por aí (ou não).

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *